Transparência no ministério

Músicos que desejam se tornar bênçãos em seus grupos musicais nunca devem negligenciar uma vida transparente e de intensa comunhão.
Melhor é a repreensão aberta do que o amor encoberto. (Provérbios 27.5)
Músicos que desejam se tornar bênçãos em seus grupos musicais nunca devem negligenciar uma vida transparente e de intensa comunhão. Todas as alegrias, lutas, dificuldades, vitórias, fraquezas etc., quando possível, devem ser compartilhadas com o líder e com os companheiros de ministério. A vida do músico cristão deve ser um verdadeiro livro aberto, especialmente no grupo em que ele vive. As Escrituras Sagradas nos ensinam: “Confessai, portanto, os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados. A súplica de um justo pode muito na sua atuação” (Tiago 5.16).
A falta de transparência pode se tornar um problema sério. Há alguns meses atrás enfrentamos este problema na área musical de nossa igreja. Apesar de ser um dos líderes, eu sabia muito pouco sobre a vida de alguns companheiros de ministério. Com algumas pessoas eu tinha pouca intimidade. Sendo assim, eu não pude defende-los quando eram atacados ou acusados pelo inimigo. Leia I Samuel 34,35 para saber como Davi defendia seu rebanho.
Quando há falta de transparência no rebanho, o pastor não pode defender suas ovelhas. Certa vez alguém me questionou: Como você pode deixar fulano subir para cantar se na semana passada ele cometeu aquele pecado? Eu respondi: “Que pecado? Não estou sabendo de nada?”. Muitos líderes hão de convir comigo que às vezes eles são os últimos a saber dos problemas do grupo, e mesmo assim, através de fofocas e palavras distorcidas. Quando um discípulo é transparente com seu discipulador o relacionamento se torna mais saudável. Eu estou tendo privilégio de escrever sobre isto porque tenho vivido esta verdade aqui em minha igreja. Há algum tempo atrás uma pessoa me fez a mesma pergunta que lemos anteriormente: “Você vai deixar fulano tocar? Ele deixou mau testemunho naquela reunião!”. Eu respondi: “Eu já sei o que aconteceu e não foi nada disso que você está pensando. Foi um mau entendido, não se preocupe. Já estou tratando de minha ovelha”. Quando há transparência o discipulador pode defender e orar pelos seus discípulos.
Em várias situações desfrutei da bênção de contar às minhas ovelhas os meus problemas e fraquezas. Eles também compartilharam comigo suas vidas. Assim podíamos orar com objetividade uns pelos outros, e confiar uns nos outros. Tudo fica melhor quando nossa vida é aberta diante dos nossos irmãos, e diante de nossos líderes. Um enorme peso de nossos ombros é retirado quando nos dispomos a ter uma vida transparente. Em Hebreus 4.13 lemos: “E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele a quem havemos de prestar contas”.
Lute pela transparência na sua igreja... pode ter certeza que ela trará confiança, comunhão, intimidade, e unção de Deus...

Leave a Reply

Ocorreu um erro neste gadget

TESTE2

TESTE

Não perca a hora!

relojes web gratis

POSTAGENS RECENTES

DEIXE SEU RECADO!

Seguidores

GERADOR DE CÒDIGOS

CONTADOR DE VISITAS